Maioria dos brasileiros é contra teste de cosméticos em animais, afirma pesquisa

abril 03, 2013

 Este Post Não Contem Imagens Fortes!!

 
       Sei que comento pouco sobre isto aqui no blog, mas faço faculdade de Direito e uma das áreas que escolhi para atuar foi a dos direitos difusos e coletivos, principalmente no que diz respeito a proteção e tutela aos direitos dos animais e da natureza, mas o que são estes tais direitos difusos e coletivos talvez você esteja se perguntando o que são estes direitos difusos e coletivos, são direitos de natureza indivisível, não pertencendo somente a uma pessoa, e não se pode satisfazer somente uma pessoa, eles satisfazem á todas, um exemplo simples é o direito que todos nós temos de desfrutar de um ar limpo. A pesquisa divulgada é mais um forte indicio de que tutelar e proteger os direitos dos animais, não é um capricho de uma minoria e sim o anseio de uma maioria, isto é uma noticia magnifica, que dizer que nós seres humanos (os brasileiros de uma forma geral) queremos ficar bonitos, que somos vaidosos, mas que não desejamos para isto que animais sejam torturados.
    A União Europeia anunciou a proibição da venda de cosméticos testados em animais em seus países-membros. A lei, que foi aprovada em 2009 e passou a vigorar na última segunda-feira (11), veta a comercialização de produtos cujos componentes tenham sido testados em animais, não importando se os testes ocorreram dentro ou fora do continente europeu.
   A decisão deve afetar o mercado brasileiro de beleza. Segundo pesquisa do Ibope encomendada pela ONG Humane Society International, 66% dos brasileiros são contrários ao teste em animais para fins cosméticos. A pesquisa foi feita em fevereiro de 2013 com cerca de 2 mil entrevistados.
Defensores do direito animal são céticos em relação à aprovação de uma lei semelhante no Brasil (Foto: Elizângela Santos)
O deputado federal Ricardo Tripoli (PSDB-SP), que há seis anos tentou aprovar um código de bem-estar animal, não vislumbra a possibilidade de ver os testes proibidos no Brasil: "O direito animal é um assunto em que o Congresso Nacional fica muito distante do sentimento da população. Não vejo a menor chance de uma lei assim ser aprovada por aqui, infelizmente", diz.      Sou totalmente contraria a esta afirmação, primeiro porque penso que se ele acredita realmente na causa, não deveria desanimar com a tentativa frustrada e sim ter mais um incentivo para lutar por ela buscando apoio junto á população, segundo porque o "holocausto animal" nomenclatura usada pelas principais frentes de defesa de direito animal não é diferente de tudo que já aconteceu na historia jurídica nacional, como a escravidão, o direito á voto feminino e até mesmo uma coisa tão simples como o divorcio,  mais simples ainda a união homoafetiva. Não era um absurdo escravizar pessoas sob a desculpa ridícula de serem inferiores? Era e sabem de uma coisa por muito tempo houveram aqueles que defenderam esse tipo de conduta, assim como os que defendem que testar em animais não faz diferença na vida dos cidadãos brasileiros, porém faz e muita, esta pesquisa é uma forte comprobação disto!! E o Deputado Devia renovar suas crenças de que vamos sim promover o bem estar animal!!
    Mesmo sem legislação proibindo os testes, é possível que a decisão europeia afete os produtos nacionais. Segundo Helder Constantino, gerente da campanha internacional "Liberte-se da Crueldade", a proibição na União Europeia deve reduzir a quantidade de cosméticos testados nas prateleiras brasileiras por motivos econômicos. "A Europa é um dos maiores mercados de cosméticos. A proibição lá incentiva a pesquisas em métodos alternativos e ainda força empresas brasileiras exportadoras a se adequarem à nova norma", diz.
    Desde 2004 é proibido usar animais em experiências para a produção de cosméticos na União Europeia, mas a venda de produtos testados não era regulada. "A União Europeia deve difundir o seu modelo e defendê-lo junto aos seus parceiros comerciais, mas também agir para que os métodos de substituição às experiências com animais sejam aceitos no mundo inteiro", afirmou por nota o comissário para a Saúde e Defesa do Consumidor, Tonio Borg. 
     Além do mais uma lei como esta protege nossa moral nos livrando da constante indagação ao comprar um cosmético se ele teria sido ou não testado em um animal!!! Afinal a beleza que esbanjamos por fora é um forte reflexo do que possuímos por dentro!! Você Também é contra os testes em animais, dá um curtir, compartilha e dê um plus clicando em G+1!! Mais uma forma de mostrar quantas pessoas se preocupam com o bem estar animal!!!

dados retirados dê: http://diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=355786


 

Você poderá gostar também

0 comentários

Deixe sua opinião sobre o post: Não esqueça de curtir e compartilhar

@persephonevanessamaria

Subscribe