Nhami Mami - Primeira marca brasileira de snacks saudáveis feitos para crianças

agosto 08, 2020

Antes de completar um ano de existência, Nhami Mami - primeira marca brasileira de snacks saudáveis feitos para crianças – conquista mais de 300 pontos de venda


Quantos avanços podem ser conquistados por uma empresa em um ano? Para a Nhami Mami, primeira marca de snacks saudáveis 100% pensados para crianças do Brasil, criada em outubro de 2019, o período foi positivo. A partir deste mês, seus produtos também estarão disponíveis em mais de 200 unidades do Extra e Pão de Açúcar, no Estado de São Paulo.

Um passo importante e um grande aquecimento comercial para a empresa, que passou de 100 pontos de venda físicos (pré-pandemia) para mais de 300, em poucos meses. Além do Extra e Pão de Açúcar, a Nhami Mami está à venda em diversas unidades das Drogarias Iguatemi, Mundo Verde, Casa Santa Luzia, entre outros, e disponível em quatro e-commerces: Mercado Livre, Supermamy, Snick Snacks e Americanas.com).

Os avanços têm motivo. Com ingredientes aprovados por nutricionistas materno-infantos, as duas linhas da marca: Mini Puffs e Mini Veggies são feitas com produtos naturais – frutas e legumes –, possuem, ao todo, cinco sabores e têm formatos pensados para caber na mãozinha e estimular a autonomia da criança. Os snacks são feitos de arroz integral, assados, adoçados com suco de maçã, fonte de vitaminas, sem gorduras trans, sem Glúten e sem alergênicos (conforme RDC 26-15). A embalagem é ideal para um lanche, além de ser prática e fácil de ser levada em qualquer bolsa ou mochila.

“A quarentena acabou aproximando pais e filhos, que passaram a conviver, em sua maioria, 24 horas por dia. Nesse contexto, a atenção com a qualidade do que é oferecido às crianças entre uma atividade e outra ganhou espaço no radar dos pais, o que alavancou a procura pelos nossos produtos, que são alimentos que aliam a gostosura dos snacks à qualidade nutritiva e à praticidade”, disse Daniel Goldstein, sócio fundador da empresa.

O mercado de snacks infantis saudáveis é promissor. Segundo um levantamento de 2017 feito pela Euromonitor Internacional, o mercado de Baby Puffs dos EUA teve um faturamento em torno de 3,2 bilhões de dólares e chegará a 4,48 bilhões até 2021. Os puffs fazem parte do portifólio da maior parte das marcas americanas infantis e equivalem a 10% do mercado de snacks americano.

Também de acordo com a Euromonitor Internacional, no Brasil, o mercado de alimentação ligado à saúde e ao bem-estar cresceu 98% de 2009 a 2014. Além disso, 28% dos brasileiros acredita que consumir alimentos nutricionalmente ricos é muito importante.

Esses números foram decisivos para a Nhami Mami nascesse. Sua história começou em julho de 2018, justamente quando os sócios procuravam no Brasil produtos práticos, saudáveis e específicos para seus filhos, iguais aos que viam em abundância nas prateleiras dos supermercados dos Estados Unidos. “A cada viagem, notávamos que esse era um nicho bastante consolidado por lá e nos perguntávamos como era possível não ter nada parecido por aqui”, explica Daniel que, dois meses mais tarde, embarcou para os Estados Unidos, acompanhado de uma nutricionista infantil, para fazer uma profunda análise de mercado que trouxesse subsídios para a tomada de decisão de produzir snacks infantis saudáveis no Brasil.

Depois de pesquisas, testes e muito trabalho, em outubro de 2019 a Nhami iniciou sua operação e segue em constante crescimento. “Nosso principal objetivo, e o que tem contribuído para os nossos avanços no varejo, é oferecer produtos gostosos, divertidos e, principalmente, nutritivos, que agradam, ao mesmo tempo, pais e crianças”, completa Daniel.

Você poderá gostar também

0 comentários

Deixe sua opinião sobre o post: Não esqueça de curtir e compartilhar

@persephonevanessamaria

Subscribe