Telemedicina Veterinária é aprovada no Brasil e se torna aliada nos cuidados de saúde e prevenção de cães e gatos

julho 05, 2022


Especialistas avaliam benefícios e possibilidades da assistência online para animais domésticos


Divulgação Guiavet


Com a recente regulamentação da telemedicina pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), que entrou em vigor na última sexta (01/07), pais e mães de pets têm o novo serviço como aliado nos cuidados diários e nas consultas dos seus bichinhos de estimação.


A resolução nº 1.465 permite a teleconsulta, telemonitoramento, teletriagem, telediagnóstico, telemonitoramento e teleinterconsulta, que é a troca de informações e opiniões entre veterinários, além da prescrição digital de medicamentos. A medida, no entanto, só pode ser aplicada por profissionais com inscrição ativa no órgão da classe e não é válida para casos de urgência e emergência, exceto em situações de desastre.


Para especialistas da área, a telemedicina é considerada uma evolução nas possibilidades dos cuidados primários de cães e gatos, pois permite a atuação preventiva. “Agora, é possível acompanhar melhor os pacientes crônicos e tratamentos longos, oferecer suporte online aos animais que vivem em áreas remotas e de difícil acesso e ainda melhorar a viabilidade econômica dos serviços na clínica”, explica Gabi Mendes, Co-founder e CEO da Guiavet, marketplace focado na saúde e bem-estar de cães e gatos. 


É essencial que os profissionais de saúde observem as regras em relação ao período de manutenção das consultas presenciais, assim como as especificações para animais de produção. Uma delas é que a telemedicina veterinária não dispensa a consulta presencial a cada 180 dias, em casos de doenças crônicas ou acompanhamentos mais longos. 


É importante lembrar que os  médicos veterinários permanecem com autonomia e autoridade para decidir sobre os pacientes e também se é necessária uma nova consulta presencial.


Atenta a esta demanda do setor pet, a Guiavet fez as adaptações necessárias para habilitar o serviço de telemedicina veterinária em sua plataforma a partir de julho, permitindo que médicos veterinários passem a oferecer teleorientações e teletriagem, além do material educativo personalizado já disponível para os tutores da rede.


“Essa resolução amplia as ferramentas para proporcionar uma vida mais longa e saudável para os pets, trazendo tranquilidade e segurança aos tutores. Com isso, nós, da Guiavet, seremos o braço direito dos profissionais que queiram aderir às novas práticas de maneira ética e segura, melhorando o nível de assistência à saúde de seus pacientes”, complementa Gabi Mendes.


Mais sobre o Guiavet:
A Guiavet é uma plataforma de atendimento veterinário online que oferece teletriagem e teleorientação por vídeo, texto e voz, auxiliando tutores no cuidado de cães e gatos. O app também gerencia o calendário vacinal e demais controles da saúde preventiva dos animais, com lembretes por e-mail e WhatsApp. No seu marketplace, a Guiavet reúne serviços de consultas, banho e tosa, além de venda de produtos como ração e medicamentos, indicando as melhores ofertas de parceiros. Ao automatizar processos de forma inteligente, é um canal de vendas que gera demanda qualificada para petshops, clínicas veterinárias e demais empresas e profissionais do segmento. Mais informações em: www.guia.vet.


Você poderá gostar também

0 comentários

Deixe sua opinião sobre o post: Não esqueça de curtir e compartilhar

@persephonevanessamaria

Subscribe